quinta-feira, 6 de junho de 2013

Foi assim:

Pronta para um longão

Correr com o namorado

Acordar cedinho e ir para pista. Sábado passado foi dia de longão: 19K. Se meu namorado não estivesse junto, dando apoio moral, não teria conseguido não. Foi tudo bem até mais ou menos o quilômetro 12. Mas aí caiu um chuvão que em poucos minutos nos deixou ensopados: tênis molhado, camisa pesada. A meia começou a machucar o pé. Fui na determinação e força de vontade até o final.

Secando o tênis para o próximo treino

Confesso que este treino me deixou cansada.

O dia nascendo me espera

E então na terça acordei para um novo treino. O dia estava perfeito para uma corrida de 10K, mas eu senti a panturrilha esquerda e resolvi parar nos 6K. Fiquei com medo de ter me machucado de novo. O jeito foi caprichar no alongamento durante a semana. Obrigada especial a Raquel, minha professora de alongamento que ajudou muito. 


E hoje o dia amanheceu assim

E só piorou depois

E hoje, quinta, o dia amanheceu debaixo d´água. Muita chuva e nada de corrida. Esta semana foi muito ruim de treinos. O que me deixou bem insegura para a meia de Floripa, que será neste domingo. 


Com chuva, sem corrida, a alternativa foi ir para a academia. Mas nada de correr na esteira: não consigo, não tenho paciência. Fui pegar peso mesmo, para fortalecer a musculatura. E alongar, claro!

Packing
E finalmente chegou a hora de arrumar as malas. Contagem regressiva para a minha primeira meia maratona. Dizem que a de Floripa é especial: temperatura agradável, percurso plano e bonito. Em breve verei se é isso tudo mesmo. Para minha primeira meia a única coisa que eu espero é terminar com dignidade.