segunda-feira, 17 de junho de 2013

A teoria na prática é outra

Basta um par de tênis?

Talvez, mas tem que escolher bons tênis

Eu sei que o título deste blog é: basta um par de tênis. Na teoria é isso mesmo. Quem quer correr, basta calçar um par de tênis (um bom par de tênis) e sair por aí. Mas na prática a coisa toda é bem diferente. Especialmente quando começamos a aumentar nossas ambições e a quilometragem.

Para correr meia maratona e maratona tem que treinar

Sim, somos amadores, mas estamos sempre em busca de superação, de fazer nosso melhor. E para corrermos meia maratonas e maratonas, temos que ter disciplina, motivação e um ou outro acessório que supostamente ajudam no conforto e na performance.


Já experimentei diversas marcas diferentes de meia, mas para mim, a Lupo Dry é a campeã.

Correr por mais de uma hora para mim tem o mesmo efeito de uma meditação. Sou só eu e minha respiração: nada mais. E por isso mesmo o que vestimos e calçamos não pode ser um obstáculo: camisetas que absorvem suor e não pesam, meias adequadas com ponteiras, tênis com amoretcimentos e específicos para sua pisada, etc, etc. Pequenos detalhes que ajudam quando queremos que nossa única preocupação seja cada passada.

Disciplina e motivação: não é fácil acordar com tudo escuro, em um sábado, para correr. Mas a sensação de ter ido é maravilhosa: de vitória. E já sabendo disso, levantei para meu treino de 16K

No Sábado fiz um treino longuinho. Choveu e meu garmin emprestado endoidou e tive que correr no instinto, no faro. No final das contas ele estava marcando, só não estava me mostrando. Corri portanto 15,6K dos 16 pretendidos e baixei meu tempo o que me deixou muito feliz.