sexta-feira, 3 de maio de 2013

Saudades que não me deixam.

Depois de um dia feliz de corrida e cross-training de bike, uma noite de terror.
O treino de quinta-feira foi ruim. Não! Foi péssimo! Só consegui correr 45 minutos e com muito esforço. Sem noção nenhuma de ritmo ou distância. Me senti correndo no escuro, sem saber para onde estava indo.

Saudade que me doi no peito.

Será que Netuno encontrou o meu garmin? Ele podia nadar até o Brasil para me entregar neh?
Depois de acostumar com a tecnologia não está nada fácil voltar a correr, simplesmente. Mas não vou desistir, Dia desses nem vou lembrar mais de meu garmin, que a estas alturas deve estar boiando nas águas ferozes de Rapa Nui.

Rapa Nui onde a natureza é bruta e selvagem
Na minha mochila furtada, de dentro de meu quarto no hotel, enquanto eu tomava banho, havia além do garmin, muitas outras coisas. Entre elas o meu queridinho da vez: o sundown para peles molhadas.

Minha mochila roubada

Meu queridinho
Usei muito este sundown na ilha e super recomendo. Ele é ótimo e fácil de aplicar e de reaplicar. Em dia de prova ele pode ser muito útil, quando depois de correr, ainda ficamos por ali, de papinho com os amigos. Não meleca a mão pois o spray funciona muito bem e nem precisamos espalhar depois. Tem uma boa absorção. É ótimo!