terça-feira, 2 de abril de 2013

Prós e contras

Correr à noite tem prós e contras. À noite o meu corpo já está querendo relaxar, vendo alguma bobagem na tv. Então chego na pista mentalmente preguiçosa. Muitas vezes estou cansada fisicamente.

Flor do Caribe - minha mente querendo relaxar vendo bobagem na tv

Há vantagens: a temperatura é uma delas: está quase sempre mais amena e não há sol. E à noite eu sempre tenho companhia. Durante o dia, meus treinos são solitários. A outra vantagem é que como não tem sol posso correr de shorte e camiseta. Não preciso me cobrir toda. 

É bom correr de shorte e camiseta

E para mim, a pior desvantagem é a dificuldade de dormir. Quando corro, fico pilhada, acesa e demoro muito para dormir e às vezes tenho o sono agitado. Então no outro dia não sou ninguém. Foi o que aconteceu hoje: malhei super mal na academia e continuo cansada pela noite péssima.

Quase 01:00 da manhã e eu acesa.


Ontem corri com 3 amigos. Aproveitei que era noite para aumentar a distância. O percurso que fizemos tem uma certa dificuldade porque tem muito aclive. Demos duas voltas neste percurso e completei 9km.

Saindo para correr: treino noturno
Logo nas primeiras passadas senti o quadríceps. Havia trabalhado forte esta região pela manhã e senti levemente à noite. Depois do primeiro quilômetro, aqueci e não senti mais nada. Mas ao final, estava bem cansada, sentindo panturrilhas e coxas. 

Continuo lendo El Cartero de Neruda, mas já estou quase no fim.
Pace médio: 5'59''