quinta-feira, 21 de março de 2013

Seja bem vindo meu muito querido Outono

Foto Hoteis.com

Ebaaaaa! O outono chegou. Minha estação do ano preferida, mesmo que por aqui não tenhamos um outono de verdade. Pelo menos as temperaturas começam a ficar mais amenas, ou menos quentes. O chato é que também começa a temporada de chuvas. 

Para encarar o sol, só assim mesmo: toda coberta. Quero um corpo forte e não um câncer de pele.
O objetivo de hoje: 7 km. Não sabia se ia conseguir por causa do calor. Por isso fiquei realmente feliz quando cheguei na pista e estava nublado. Estava quente, mas as nuvens cobriam o sol, o que já era um alívio. Só que minha felicidade não durou muito: no quilômetro cinco o astro rei, meu maior inimigo, mostrou sua cara, reluzente e brilhante e começou a queimar tudo. A esta altura já estava um forno dentro de meu tênis.

Prontinha para sair, mas tão cansadinha!

Desde as primeiras passadas que já sabia que aquela corrida não ia render. Não sabia nem se ia conseguir terminar os 7km. Estava muito cansada pelas poucas horas de sono e minhas pernas pareciam de chumbo. O primeiro trecho, de 2km, até que foi tranquilo, mas os quatro seguintes foram difícies. Do terceiro para o quarto um aclive que me desgastou ainda mais. O calor, que aumentou, foi me minando. Eu tinha a sensação que não saia do lugar. Desisti de olhar o garmin, me deixei apenas levar: um pé após o outro. Só na última volta foi que recuperei um pouco do fôlego. Acho que porque estava doida que acabasse logo. E foi um alívio concluir os 7km.

No final, caminhei um pouco para relaxar, porque estava muito cansada. Ainda bem que na academia hoje foi dia de trabalhar glúteo, panturrilha e ombro. Acho que se fosse quadríceps ou posterior sairia correndo, ou melhor, me arrastando, de lá.

Pace médio: 5'48''


Livro - Era uma vez um corredor. Hoje eu finalmente acabei e o final valeu por todo o livro.